26 de jun de 2010

Let's play the game.

Start, e a vida enfim começa, ela é realmente como um jogo, você começa aprendendo as coisas mais básicas. Depois de alguns níveis você aprende alguns truques e descobre que existem bônus e claro, atalhos únicos. Depois de algum tempo jogando, você encontra alguns níveis realmente difíceis pra você, mas não pra aquele seu melhor amigo. Você vê seus pontos fracos e se joga nos seus pontos fortes, você às vezes perde em algum nível e é obrigado a começar ele de novo, mas não desiste você quer a recompensa. O problema é quando você fica preso em um nível, um aonde você só consegue cair no buraco e só suas fraquezas estão à mostra. Com muito esforço você vai conseguir passar, de nível em nível você vai conquistando muitas coisas, você adquire respeito, experiência, você se torna melhor em quem é. Acontece que sempre tem o teste final, e depois do ultimo nível é fim de jogo e não tem nada, não a recompensa final não se iluda, não existe nível extra só existe o final de tudo. Game over é apenas uma conseqüência de uma crise de desespero, você perde por não saber jogar. Existem sempre aqueles amigos que vão te ajudar os que parecem ser bons, os que parecem ser malvados, e claro os que querem te fazer voltar ao inicio ou simplesmente declarar GAME OVER. Jogos nem sempre são justos, apenas jogue; Vidas nem sempre são justas, apenas a viva.

22 de jun de 2010

Hey, eu te amo tá?


Talvez essa declaração nunca precisasse ser pronunciada, talvez esse sentimento nunca precisasse ser sentido, e talvez ela nunca devesse ter acreditado. Sonhos perdidos num tempo que nunca chega e nunca passou, devaneios perdidos da razão, momentos soltos no ar sem poderem ser alcançados, tudo isso é o que restou do “ele” pra ela. Mesmo que tão pouco, foi o mais intenso, mesmo que tão longe do físico foi o mais próximo do verdadeiro, mesmo que nunca mais vai ser o único pra sempre. sz'

9 de jun de 2010

Até algum dia.


Nós já fomos mais que amigas, éramos como irmãs. Em você eu me via, eu cuidava dos seus passos e por muito tempo você foi a minha única melhor amiga. Até acontecer algo que não acontece com amigas-irmãs, mas todas erram e eu não responsabilizo só você. Perdão pelas vezes em que eu não fui uma melhor amiga também. Agora você segue um caminho e eu outro, talvez nos encontremos de novo, mas essa realidade pode estar muito distante ou nem existir. Não sei bem como, mas um dia espero que nos perdoemos, e saiba que eu só desejo seu bem.

8 de jun de 2010

Broken for you




Eu espero que você ainda se lembre de mim. Mesmo não estando do meu lado eu consigo sentir seu calor em minha volta. Por você eu veria o meu ultimo pôr-do-sol. Achei que seriamos sempre dois, mas me enganei pelo o que vejo. Meu coração está em pedaços e mesmo assim você é constante nos meus sonhos, você me fascina e faz meus olhos brilharem, eu queria apenas ter forças pra poder dizer “Adeus”. Meu mundo desabou, a pressão de toda essa ironia me deixou paralisada, você continua vivendo e curtindo enquanto tudo a minha volta desmorona sobre o que ainda restava de mim. Já me responsabilizei de mais pelo nosso final, não consigo seguir em frente, não vejo possibilidades enquanto meu coração deixa você vencer, me perdi em sua pulsação, me pergunto se ainda se lembra que eu tentei e você nunca me ouviu. Meu coração já não me incomoda mais por não bater, não entendo todo esse masoquismo partindo de mim, talvez porque eu acredite em um futuro com você.