9 de ago de 2010

Capítulo fechado


Lamento pelas lagrimas escorridas, mas lembro com carinho das frases declaradas. Peço-lhe perdão por não ter sido completamente como desejava, e lhe agradeço por ter sido exatamente o que eu precisava. Agora nós podemos nos despedir, enfim o adeus é dito e não há mais lagrimas escorrendo sobre qualquer que seja a face, olhares de saudades podem existir, corações apertados, mas também a liberdade e a satisfação de poder ter vivido.
Você agora segue seu caminho com alguém ao seu lado, e fico feliz por estar sorrindo sem medo. Eu sigo o meu em busca de um ombro, embora não tenha alguém pra me seguir lado a lado eu sigo em frente sorrindo. Palavras ainda não foram inventadas pra descrever tudo o que vivemos, nem mesmo o que sentimos, mas com certeza algumas podem tentar descrever como estamos. Sinto-me tão confusa, já não sei medir o que senti e o que sinto, por quem mesmo que seja você. Foi bom enquanto durou, nada pode ser perfeito, a vida simplesmente segue seu rumo. Eu sinto como se tivesse acabado de terminar um capitulo de um livro, e a história ficasse ali, eterna porem já terminada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário