25 de mai de 2011

The rock




Como você se sentiria se fosse uma pedra? Quando seu corpo treme, seus lábios secam, suas veias dilatam e seu coração salta, você o viu. Bom, isso não acontece com pedras, isso não acontece comigo. Apenas uma música, uma voz, um tom faz essa pedra levar solavancos rumo ao vácuo, mas nada acontece. Lágrimas não escorrem por motivos reais , sorrisos não se abrem em verdadeiro, olhos não brilham como antes.
Meu punho dói, a lamina se pinta de vermelho, meu corpo desfalece, minha mente gira. O sangue apenas ameaça se esvair causando uma sensação reconfortante, me fazendo sentir algo. O sorriso maroto, os olhos gentis e a voz alegre, nada disso faria a rocha se quebrar, mas faria ela estremecer. Como nada vai acontecer o que me resta e sorrir pro vácuo, o sorriso não me pertence e nunca mais será meu novamente. Melodias pesadas e rudes são as únicas que me permito ouvir, sonhos que forço terminarem, a razão que as vezes me provoca uma felicidades de 3 segundos.
O sol se esconde, a lua nasce, o sol ressurge e isso se acompanha por dias como a minha rotina. Por rotina estou aqui de novo e meu corpo no chão, um cigarro aceso ao lado e meu copo de whisky com gelo derretido envolvido por dedos frágeis, o sangue ainda teima em ficar em minhas veias, talvez por que rochas são resistentes, infelizmente.

2 comentários:

  1. Vc sabe q sua escrita é bela e que suas paalavras me encantam, e esse toque rebelde nas palavras me facina *-*

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Elania (: bom saber que você gosta, saber que alguem le e gosta me motiva a escrever ;*

    ResponderExcluir