8 de jan de 2012

Dizer adeus


Esta sendo difícil de mais para que eu possa permitir que você vá. Difícil de mais te deixar partir de vez. Em todos os momentos te enxergo ao meu lado e imagino se também faz o mesmo. Gostaria de perder o controle e esquecer todas as razoes as quais me mantem longe de você. Eu desejo que por um momento possa parar de mentir que já não sinto nada quando você me abraça ou quando a sua pele simplesmente toca na minha. Percebo que todo esse tempo foi em vão, mas mesmo assim não vou desperdiça-lo. 
Posso sorrir da forma mais esplêndida enquanto meus olhos faíscam e mesmo assim será um sorriso morto. Desculpe-me mas não sou capaz de me permitir sentir algo, depois de tudo o que aconteceu. Estou pedindo que viva a sua vida. Aproveite, pois escrever uma historia de amor com final alegre jamais fez parte do meu roteiro, mas tenho certeza que e o seu tem um felizes para sempre. Mesmo que eu precise de você eu não me permitirei tê-lo, seria muito egoísmo Quero apenas pedir para que não se afaste mas não me torture com a sua falsa presença também. 
A menina vasculhou erros em todo o texto e sorriu ao ver que sua escrita estava seca, porem verdadeira. Cada frase expressava com delicadeza o que ela sentia, e o que ela desejava a ele. A questão era quando ela enviaria e se ela cumpriria tal ato. A garota deixou o papel sobre a cama e admirava a sua despedida, estava na hora de partir e ela não sabia como dizer adeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário