6 de ago de 2012

Completa felicidade

      O som ensurdecedor machucava meus ouvidos. Sorrisos estavam presentes em meus lábios, eles podiam ser momentâneos mas existiam. Então veio ele, um breve esbarrão e o destino te colocou na minha frente de novo. Minha expressão variava em segundos, primeiro o susto seguido por uma onda de alegria e então o medo vem com toda força. 


      Quando seus lábios desenhados se abriram e a sua voz inundou meus ouvidos me perdi. Eu sabia o que me esperava e mesmo assim não pude resistir. Gritos em meus pensamentos, pediam socorro, pediam para que fosse embora. Mais uma vez fugi da razão. Ele sussurrava em meus ouvidos, sua voz tão aveludada. Meu último lapso de consciência, e o seu toque me fez perder o rumo. Sua pele macia de encontro com a minha, aquele foi o momento. 

      O som, as pessoas, o mundo de repente desapareceu sobre meus pés. Sentia uma sintonia estranha, me entreguei. Um beijo suave, do qual eu tinha sede. Um abraço apertado do qual eu jamais mataria toda a saudade. Então entendi o significado da perfeição, era aquele momento. Sua pele de um tom tão doce, contrastava perfeitamente com a minha. Seu cabelo fino e escuro, seus olhos escuros como a noite, eu me senti completa por um instante. Te ter ali, em meus braços foi a minha completa felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário