6 de out de 2010

Caminhos perdidos

Você não sabe o quanto está doendo, o quanto isso me mata por dentro, só não quero sua existência perto de mim. Sua amizade só me mataria mais aos poucos, cedo de mais pra tudo, agora continue sua vida como se nada tivesse acontecido, aqui eu vou, seus teatros bem elaborados me enganaram o suficiente para criar lágrimas reais e amargas. Uma unica jura eu faço, "Nunca mais!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário