4 de out de 2010

lost control

Minha cabeça baixa ajuda a guiar os meus pés, não podia me sintonizar com nada em minha volta, sentia que tudo era um tremor interrupto. O meu sorriso se fora com os passos largos e rápidos daquele cujos nos olhos eu via a alma. Minha mente vaga em delírios soltos em momentos desejados. Pode se passar dias, noites, semanas, datas ficaram marcadas e momentos sempre relembrados. Agora eles estavam satisfeitos porem eu sei que pouco importa se eu ainda consigo sorrir como antes, a vontade deles estavam sendo levadas e a minha foi desprezada e jogada fora, como se não valesse nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário